Arquivo para fevereiro \15\UTC 2007

ROMPENDO EM GLÓRIA

PRECISAMOS VENCER NOSSAS EXPERIÊNCIAS TURVAS E CONFUSAS QUE TEMOS COM DEUS. MUITAS VEZES ESTAMOS COM DEUS MAS NÃO IDENTIFICAMOS SUA MAJESTADE, QUEM ELE É…
Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento com temperança, sede sóbrios e esperai perfeitamente na graça que se vos oferece na revelação de Jesus Cristo, IPE 1:13
Ora já está perto o fim de todas as cousas; portanto, sede sóbrios e vigiai em orações. IPE 4:7
Sede sóbrios, e vigiai,  porque o diabo, vosso adversário, anda ao redor bramando como leão, buscando a quem possa tragar; IPE. 5:8
O maior desafio de todo adorador é manter sua sobriedade, sua lucidez em meio a situações dificeis. Creio que toda tribulação traz maturidade para suportarmos as dores afim de que a glória de Cristo seja mantida em nossas vidas. Não porque merecemos sua glória, mas para que a graça de nosso Deus se revele como uma total dependência do seu favor.
Nestes ultimos dias Deus tem me tratado pelo seu fogo, e interessante que ao passarmos pelo fogo muitas coisas deixam de existir, aquilo que era antes já não é mais. Aquilo que enchia nossos olhos já não faz nenhuma diferença. Mas o que fica dentro de nós é apenas a semente que o Senhor nosso Deus plantou. A primeira atitude que geralmente temos é fugir do fogo, porque o fogo arde. Muitos querem fugir para não comprometer suas finanças, conceitos, reputação, desejo da carne e sua religiosidade. Por que são valores meramente humanos. Neste exato momento se não estivermos firmes na oração podemos vacilar e perder o tempo de Deus para tratar nosso caráter.
Estêvão ao ser apedrejado estava passando por uma prova de fogo, era um sacrifício vivo e interessante é que assim Ele passou a ver a glória de Deus. Quando somos perseguidos por causa do mover de Deus é natural ver que a religião se levanta para poder controlar aquilo que Deus tem controle. E a maior prova se tudo aquilo que temos feito é de Deus, quando estas coisas permanecem em nosso caráter e em nosso estilo de vida. Muitos frutos podem estar em processo de germinação ainda pois é Deus quem dá o crescimento mesmo que existam espinhos para tentar sufocar o avivamento, Deus limpa e cuida dos seus paqueninos. E todas as vezes que a nossa carne é rasgada o que nos mantém vivos é a presença de Deus. Por isso não seremos embriagados pela nossa alma, mas sejamos embriagados pelo Espírito de Deus. Não podemos questionaremos o teu Espírito Senhor, mas veremos a sua glória encher nossos corações fazendo de nós homens espirituais estáveis em sua presença.
Obrigado pelas provas Senhor!
Consuma-me, com o fogo do teu olhar.
Mostra-me tua glória para que eu possa estar
No ambiente da adoração, pra sempre…
Anúncios